Close

6 de setembro de 2018

O que é vidro temperado?                                                

Muito usado nas áreas de construção civil, indústria automotiva e arquitetura, o vidro temperado costuma chamar bastante a atenção por apresentar níveis elevados de resistência e segurança.

Cinco vezes mais resistente a impactos do que a versão comum, o vidro temperado se estilhaça ao quebrar, formando fragmentos bem pequenos e arredondados. Bem diferente daqueles cacos pontiagudos altamente cortantes gerados pela quebra de um vidro comum.

Justamente por isso, o vidro temperado é considerado o tipo mais seguro na hora do manuseio e instalação, além de ser recomendado para ambientes tanto externos como internos da casa e utensílios e acessórios decorativos.

O vidro temperado pode ser encontrado na versão incolor e nas cores bronze, verde e cinza. Sua espessura pode variar de 4mm a 12mm, sendo o único vidro que permite a instalação sem o uso de caixilhos.

Continue lendo o nosso artigo e saiba mais características e benefícios do vidro temperado.

Você sabe como é produzido o vidro temperado?

Para criar um vidro temperado, é utilizada uma versão comum do vidro, conhecida como cristal. Composto por areia, sódio, cálcio, alumina, magnésio e potássio, este material serve da base para a criação de outros tipos de vidro.

O vidro temperado passa por um tratamento termoquímico, chamado têmpera, no qual é aquecido em altíssima temperatura (600 graus em média) e imediatamente resfriado. Esse processo comprime as faces externas e expande as partes internas do vidro, tornando-o cinco vezes mais rígido do que o vidro comum.

Outro processo para temperar vidro é o químico, chamado de troca iônica. Nele o vidro cristal fica imerso em um tanque de nitrato de potássio derretido, para que haja as trocas de íons. Quando o vidro é esfriado lentamente, seus íons do sódio se deslocam para o potássio, enquanto os íons de potássio se dirigem para o vidro, criando uma densa camada resistente.

É importante lembrar que de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o vidro temperado é considerado de segurança, porque quando quebrado se estilhaça em pedaços que apresentam poucas chances de ferimentos graves.

 

Diferenças entre vidro temperado e vidro comum

Além da segurança em caso de quebras, há muitas diferenças entre o vidro temperado e vidro cristal ou comum.

O vidro comum possui baixa resistência a impactos, além de ser quebradiço e frágil. Porém, é flexível, podendo ser furado e cortado para se adequar às necessidades de cada projeto.

Já o vidro temperado precisa ser feito sob medida e não pode ser cortado ou sofrer perfurações ou polimento, porque o tratamento termoquímico o torna menos flexível. Desse modo, qualquer tipo de intervenção deve ser realizado no vidro comum antes de ele ser transformado em temperado.

O vidro temperado também é mais resistente mecanicamente, por suportar fortes impactos e flexões, e a choques térmicos do que o vidro comum, podendo passar por variações de temperatura de até 200 graus.

 

Onde o vidro temperado pode ser instalado?

O vidro, de uma maneira geral, é capaz de embelezar qualquer espaço e criar composições inovadoras com outros materiais, como madeira e ferro, por exemplo.

Elegante e moderno, ele proporciona economia – uma vez que favorece a entrada de claridade natural –, protege as pessoas contra intempéries, diminui ruídos, oferece privacidade – dependendo da cor e do grau de translucidez – e proporciona ao espaço uma sensação de amplitude.

Indicado para áreas internas e externas, o vidro temperado pode ser colocado em box de banheiros, vitrines, portas, janelas, varandas, armários, divisórias de ambientes, fechamento de muros, entre outros, dependendo do projeto arquitetônico e do gosto pessoal dos donos de residências e espaços comerciais.

O vidro temperado também pode ser colocado em janelas laterais e traseiras dos automóveis e prateleiras de geladeiras, além de ser matéria-prima de tampas de fogões, panelas, travessas, xícaras, pratos e copos.

 

Cuidados na instalação do vidro temperado

Para não sofrer nenhum dano, o vidro temperado deve ser transportado com segurança. É importante também que haja a participação de um profissional na hora de definir a espessura do vidro e de um especialista na hora da instalação.

O vidro temperado precisa ser manuseado com cuidado, para que não haja quebras imediatas ou futuras.

Assim como muitos materiais encontrados na natureza, o vidro também pode sofrer dilatações. Esse é um dos motivos pelos quais um especialista precisa realizar a instalação. Ele saberá quais outros materiais usar para que a dilatação não cause a quebra do vidro.

Sabendo instalar, manusear e fazer a limpeza, o vidro pode durar por muitos anos e deixar a decoração da sua casa clean e sofisticada.

Diante de tantas opções de vidro, existem para o setor vidreiro normas da ABNT NBR, com direcionamentos técnicos de manuseio, instalação e adequação do vidro para garantir a segurança dos usuários. No caso do vidro temperado aplicam-se: a ABNT NBR 14.698 – Vidro Temperado e ABNT NBR 7199 — Vidros na construção civil — Projeto, execução e aplicações.

 

Vidro temperado pode ser reciclado?

O vidro leva cerca de cinco mil anos para se decompor na natureza. Por isso, é muito importante encaminhar o material inutilizado ou quebrado para o processo de reciclagem.

Empresas ecologicamente responsáveis e atentas às regras da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) têm adotado a logística reversa, que nada mais é do que retirar suas embalagens vazias do mercado para que elas não parem em aterros sanitários, poluindo o ambiente. A A2 Vidros, por exemplo, tem a preocupação de enviar para reciclagem os descartes de matéria-prima.

Hoje, já existem técnicas para reciclagem inclusive do vidro temperado e empresas especializadas na realização destes procedimentos.

Dependendo do tipo de vidro, quando reciclado, pode ser reutilizado na fabricação de chapas de vidro, diminuindo o consumo de energia elétrica e emissão de CO² na atmosfera. Em outros casos, pode se transformar em componente de pavimentação ou asfalto, espuma ou voltar ao mercado como embalagem.

 

Por que contratar a A2 Vidros?

Somando décadas de experiência no mercado vidreiro, a A2 Vidros oferece ampla variedade de modelos, atendendo às mais diferentes situações e portes de empresas. Possui forno próprio para temperar o vidro e estrutura para desenvolver produtos em grandes volumes. É certificada pelo INMETRO-IBELQ e conta com especialistas que ajudam o cliente a identificar a melhor especificação para o vidro.

Com duas unidades, Osasco (Grande São Paulo) e Limeira (interior paulista), a empresa possui fácil acesso à Grande São Paulo, interior e principais rodovias do Brasil.

Oferecendo produtos de alta qualidade e excelência nos acabamentos, aliados à entrega com agilidade e relacionamento duradouro com os clientes, a A2 Vidros tem sempre a solução ideal, seja para a área de construção civil, arquitetura e decoração ou indústria moveleira.

Para saber mais sobre os produtos oferecidos pela A2 Vidros, preencha nosso formulário ou entre em contato pelos telefones (11) 3682-2529 ou (19) 4042-5010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar