fbpx
Faça seu Pedido Online Esqueci meus dados
Close

14 de abril de 2020

Como fixar espelhos em paredes!

Como fixar espelhos em paredes!

Colar, usar moldura ou algum acessório através de furos? Qual é a melhor técnica para fixar espelhos?

Fixar espelho em paredes pode parecer uma tarefa simples a princípio. E realmente é, quando esse produto se resume a uma pequena peça emoldurada e com suporte já preparada para ser pendurada em um prego na parede. A dificuldade surge quando falamos de peças maiores e, consequentemente, pesadas. Especialmente as que devem ser instaladas com estes níveis adicionais de dificuldade:

– ambientes úmidos;

– ausência de molduras;

– ausência de molduras em espaços delimitados e justos;

– locais com grande número de pessoas;

– paredes com pintura se soltando;

– paredes velhas se desfazendo;

– divisórias de madeira ou gesso acartonado.

Competência do vidraceiro

Em todos esses casos o trabalho de avaliar a situação e aplicar a melhor técnica é de competência de um vidraceiro, que possui alças dotadas de ventosas que auxiliam na tarefa de erguer peças grandes e que oferecem risco de quebra.

Em locais secos ou em substratos (parede ou divisória) secos é possível se fazer a instalação com furação nos quatro cantos do vidro e aplicação de botões de acabamento ou prolongadores. Sem a furação essa aplicação pode ser feita pelos botões franceses, também chamados de finessons, desde que haja espaços livres ao redor do vidro.

O uso de botão francês limita a espessura do vidro em 6 mm, que é a largura do corte na rosca. Também pode provocar trincas em espelhos pesados. Especialmente se tiverem acabamento bisotê, que reduz a espessura da borda

Acompanhamento profissional

O vidro, que é componente do espelho, não pode entrar em contato direto com o metal, então, mesmo utilizando parafusos ou botões especiais, é preciso revestir todo metal com material macio e apropriado, tais como cortiça ou plástico.

Os espelhos também podem ser colados com vários tipos de adesivos e até com fita dupla face especialmente projetada para essa finalidade. Essas técnicas garantem segurança dos usuários pois, o espelho fica mais resistente a pancadas e, mesmo que quebre, fica fixado na parede. Mas é preciso atenção, pois oferecem três riscos:

  1. A utilização de produtos com solventes ou produtos muito ácidos podem atacar o espelho com o tempo, provocando o aparecimento de manchas pretas. O ideal é a utilização dos chamados “fixa espelhos”, já idealizados para essa finalidade.
  2. Para a colagem e, ambientes úmidos ou paredes úmidas os fabricantes de espelhos recomendam que seja prevista uma distância de 3 mm entre a parte de trás do espelho e o substrato parede. As tiras de adesivo devem ser aplicadas verticalmente, permitindo que a umidade escorra por detrás do espelho. O aprisionamento de umidade entre o espelho e a parede também pode provocar o surgimento de manchas pretas.
  3. Em alguns casos o substrato parede é antigo, poroso ou revestido de pó que se desprende e não permite uma colagem segura. Ou ainda pode acontecer de ser pintado com tinta antiga ou de má qualidade que se desprende com facilidade.

Diversas ações

Nesses casos, um bom profissional saberá com agir em cada situação.

Para avaliar a qualidade do substrato parede ou divisória uma técnica simples é colar uma fita crepe adesiva ou do tipo “Silver Tape” prateada. E, depois de um minuto, tentar arrancá-la com um movimento único. Se ela se soltar com pedaço de parede ou tinta é sinal de que o substrato não é adequado para a colagem do espelho e outra técnica de fixação deve ser utilizada.

A utilização de polímeros aliado a um pequeno espaçador com espessura de 3 mm é, devido a todos os argumentos expostos, a técnica mais utilizada. Ela permite também compensar eventuais diferenças no nivelamento da parede. Muitas vezes imperceptíveis, mas que podem provocar distorções nas imagens refletidas pelos espelhos.

A desvantagem dessa técnica, entretanto, é que a adesão não é imediata. O espelho colado em uma superfície vertical precisa ficar apoiado por um período que varia de 24h a 48h.

A opção mais rápida é a utilização de fita dupla-face, porém, existem alguns cuidados a serem tomados. São eles:

  1. Utilização da quantidade correta de fita, segundo orientação do fabricante;
  2. Utilização de fita adequada e de boa qualidade, pois existem produtos importados falsificados no mercado;
  3. Técnica precisa para se fixar o espelho bem alinhado na primeira tentativa pois, após o primeiro posicionamento essa técnica não permite correção.
  4. A fita dupla-face absorve umidade, portanto, não pode ser aplicada em banheiros ou azulejos em locais úmidos.

Vários profissionais optam também por colocar espelho com fita dupla face e fixa espelho, usando a fita como suporte e fixação provisória até que a cura do fixa-espelho ocorra em 48 horas.

Colagem em suporte

Por fim, existe a possibilidade de se fixar, no verso do espelho, perfis de alumínio, madeira, plástico ou materiais variados. Tais materiais podem formar suportes que podem ser pendurados a outro tipo de suporte na parede. Até mesmo retalhos de perfis de alumínio e suportes desenvolvidos para fixação de aparelhos de TV em paredes podem ser colados no verso do espelho com silicones acéticos ou fixa-espelhos. As opções são várias e possibilitam a fixação de grandes peças, desde que o suporte seja bem dimensionado a elas.

Leia também: Como o vidraceiro pode se diferenciar no mercado

Sobre a A2 Vidros

Se você é um vidraceiro e está em busca de bons fornecedores, conheça a A2 Vidros.

A empresa processa e distribui vidros de alta qualidade e possui fornos próprios para temperar e laminar o vidro, sempre atenta às normas do segmento e com estrutura para desenvolver produtos em grandes volumes. Certificados pelo Inmetro, todos os vidros que saem das duas unidades da A2 Vidros passam por um rigoroso controle de qualidade.

O vidraceiro pode ainda contar com o apoio da equipe da A2 Vidros que está apta e capacitada a indicar o vidro mis adequado em termos de resistência, espessura e desempenho para seu projeto, sempre conforme as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Somando décadas de experiência no mercado vidreiro, a A2 Vidros tem sempre um vidro ideal para projetos de construção civil, arquitetura, design, divisórias e mobiliário.

Para saber mais sobre os produtos oferecidos pela A2 Vidros, preencha nosso formulário de contato ou entre em contato pelos telefones (11) 3682-2529 ou (19) 4042-5010.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar